Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem, de 20 a 25 anos, Arte e cultura, Livros


 02/09/2007 a 08/09/2007
 15/10/2006 a 21/10/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 03/04/2005 a 09/04/2005
 19/12/2004 a 25/12/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 25/07/2004 a 31/07/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004


 Dê uma nota para meu blog


 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis





Harpas de Meus Nervos


Surgimento de uma melodia

 

 Tocam-se as notas, ergue a harpa, grita-me Vida! Anuncie minha chegada ao quarto escuro. Não estou com lembranças boas para escrever, nem más feridas. Sou alguém que retorna para o mesmo lado de onde vim. Venho de uma lenda, viro estrela humana conforme as horas. Meu brilho é sangue, é denso, líquido, escarlate, escorre por dentro. 

Dentro de um dia, com o pó de meus ossos, serão feitas cinzas de anjos que morreram de raiva. E renasceram dentro de uma alegria infernal, que dói e fere, provoca amor e ódio, brinca de viver com o que se prova de azedo ou não de um e outro sentimento que vou escolher para anunciar a vida.   

Uma canção acende o sono, acordo de uma irrealidade, sou sinal de coisa viva e secreta, sou luz, sou gaveta fechada que cobre um livro inteiro de vida, corpo silvestre enchendo o chão.

Não queiram saber o ritmo, a música vem de onde não esperamos. Não tenho mais escolha, as janelas abriram, a porta está desfeita, é hora de voltar a escrever para o futuro, e que meus pedidos sejam atendidos.  

É hora de eu acordar,

Boa Noite a todos!

(João Ximenes)



Escrito por Scarabh às 20h06
[ ] [ envie esta mensagem ]



[ ver mensagens anteriores ]